<BODY> ~*~* SEBASTIAN UM PROPÓSITO DE DEUS!!! *~*~



Sobre Nós


MEU NOME É VANESSA
SOU PAULISTANA
NASCI NO DIA 13/06 E HOJE MORO EM FORTALEZA, CE.
FUI AGRACIADA COM ALGUNS PRESENTES DE DEUS.
O PRIMEIRO É MEU AMADO ESPOSO HEIKO.
O OUTRO FOI O SEBASTIAN, NOSSO FILHO.
O SEBASTIAN FOI UM PRESENTE NÃO SÓ POR TER TRAZIDO ALEGRIA E MATURIDADE A NÓS.
MAS, POR TER NOS ENSINADO E OFERECIDO MUITO MAIS DO QUE PODERÍAMOS LHE OFERECER.
ELE NOS ENSINOU SOBRE UM AMOR SEM LIMITES.
SOBRE HUMILDADE.
SOBRE FÉ.
FIZ JORNALISMO, ESTUDEI ESTÉTICA
E HOJE FAÇO FISIOTERAPIA.
ASSIM SOU EU.
AMO APRENDER.
AMO MEU DEUS.
AMO MINHA FAMÍLIA. O SEBASTIAN PERMANECEU CONOSCO 5 ANINHOS.
SENDO- ME ENTREGUE POR DEUS NO DIA 04/07/2001
E ME PEDIDO DE VOLTA NO DIA 19/09/06.
SE O CÂNCER O LEVOU PARA O CÉU....
BEM, EU PREFIRO PENSAR QUE NÃO.
ELE ERA GRANDE DEMAIS PARA UM CÂNCER.
ACHO QUE ELE ATINGIU A ESTATURA PERFEITA DE DEUS
E SUA CRUZ LHE PERMITIU ATRAVESSAR PARA O OUTRO LADO....
PODERIA TER MILHÕES DE MOTIVOS PARA TODOS OS DIAS ACORDAR
E ACHAR QUE A VIDA É UMA GRANDE BRINCADEIRA
DE MAL GOSTO DE DEUS.....
MAS, AO CONTRÁRIO
TODOS OS DIAS EU AGRADEÇO POR FAZER PARTE DE TUDO ISSO.
POIS O QUE ME ESPERA.....
EU JAMAIS CONSEGUIRIA DESCREVER.....
ENTÃO.....SE VOCÊ JÁ ESTÁ AQUI,
PORQUE NÃO NOS CONHECE?



Nossos Vídeos






Contato





Link-me







Tempo






Passado

Visitinhas



Ganhamos



Créditos

segunda-feira, 6 de agosto de 2007

VOCÊ SABE USAR A COLHER????



Depois que assinamos aqueles papéis, foi marcado a aférese do Sebastian para coleta de células progenitoras. O Seba fez o procedimento no GRAACC pois, lá estaria a equipe responsável pelo TMO dele.
No transplante altas doses de quimioterapia e radioterapia podem ser utilizadas contra o tumor. Com estas doses, as células normais do sangue demorariam muito para voltar ao normal. Para acelerar a recuperação e impedir que os pacientes fiquem meses sem defesas e sem plaquetas, é possível coletar as células que produzem o sangue, chamadas células progenitoras ou células mãe "hematopoieticas" do sangue, e mantê-las congeladas por muitos meses, até a sua utilização.
Para coleta o Seba recebia G-CSF ou Granulokine, duas vezes por dia na forma de injeção, desde o dia seguinte da QT a´te o dia da coleta.
Depois colhemos um hemograma para verificar o número de leucócitos estavam elevados e dosar o CD 34.
Em geral são necessários 3 coletas, e a cça fica internada de 3 a 4 dias.

O Seba estava com um número excelente de CD 34 e foi encaminhado para a coleta. Independente de curar ou não ter as células congeladas seria sempre uma possibilidade. Como uma carta embaixo da manga.
Para fazer esse procedimento é necessa´rio a colocação de um catéter especial que fica para fora. O port-a-cath(usado para a administração da QT) não pode ser usado.
Foi implantado o catéter e iniciou-se o procedimento. Um profissional especialista em aférese permaneceu toda a coleta conosco no quarto.
Finalizada a coleta foi feita a contagem para se saber o número atingido de células.O número precisaria ser igual ou maior do que 10.
O Seba teve quase nenhum desconforto salvo o frio devido ao resfriamento do sangue ao passar pela máquina.
A médica com um largo sorriso disse:
-EH Sebastian!!!! Vc vai pra casa....vc consegui muito mais que o necessário em uma só coleta.
Ao ouvir isso...meu coração aquietou, e pensei:
"Mais uma vitória...obrigada Deus!"


Enquanto o Sebastian era só alegria...o Heiko enfrentava uma fase complicada no trabalho. Ainda que eu tomasse a frente de tudo, e ele nunca se ausentasse, alguns diretores começaram a perseguí-lo. Hoje, vejo o quanto é necessário caminharmos com nossos esposos juntos. Eu jamais cobrei o Heiko por não frequentar comigo a QT. E vou explicar....o SEba não ficou um mês internado. Ele se tratou por um grande período. Para oferecermos a ele o padrão de atendimento e sustentarmos o plano de saúde que ele utilizava, alguém teria q se sacrificar. Nesse caso os dois. Eu que acompanhei tudo step by step eo Heiko q sofria tanto qto eu por desejar estar conosco, e não poder.
Se ficássemos sem o plano de saúde....estaríamos fritos.
Hipocrisia a parte, o que importava naquele momento era não ficar em filas, esperar vagas, leitos, ou todas as burocracias que víamos no serviço público. Em compensação qdo o Seba internava, ficavamos os dois. E toda a equipe se virava para nos facilitar a vida. Tudo tem prós e contras.

Dias antes do Sebastian internar eu fui com ele passear no shopping da Vila Mariana do lado do SESC. Ele era viciado em vídeo game! Era sua paixão. Eu parei numa loja de roupas femininas e ele começou a emburrar porque queria ir pegar o jogo do PS2 logo. Então eu me abaixei, olhei direto nos olhos dele e disse com firmeza, porém, cheia de amor, que ele não deveria se irritar, enfim, dei uma bronquinha básica. Uma senhora vendo que o SEba era "especial" me olhou com os olhos cheios de lágrimas e disse:

-Seu filho vai vencer!!
Eu sorrindo disse que concerteza ele iria!
Ela prosseguiu:
_Sabe por que? Porque vc não o trata como um coitado!!!

Se tem algo que eu jamais fiz foi isso. Tratar o Seba com diferença. Mimo. Piedade.
Tanto que os médicos ficam sempre admirados de ver o controle que eu tinha sobre o Gú. Nas consultas era rotina a criançada sair correndo, bater nas enfermeiras na hora de pulsionar o port-a-cath, gritar enfim....eu já ia ministrando o Gú sobre o que ia acontecer. Se fosse QT eu dizia que ele seria picado, ficaria lá por um tempo e logo oferecia uma possibilidade para aquilo. Seja levando um jogo, brinquedo, desenhou ou até mesmo o videogame.
Esse processo foi decisivo para a recuparação do SEbastian....durante o TMO.


Bom....vou dormir...amanhã levanto cedinho....e por enqto eu tÔ é assustada com o comportamento da galera da facul....qdo eu fiz minha primeira faculdade eu não me lembro da galera ser tão imatura!!!! A última vez q me lembro de um professor implorando por silêncio foi na 8ºsérie!!!! O q mais me assusta é que são todos futuros doutores....acho q já basta de incompetentes na saúde!!!!!
Ufa!!!! DEus sabe todas as coisas!!!!

Gostaria q vcs estivessem orando por meu priminho lindo (Flavinho) q aprontou uma daquelas e deu um baita susto na mamãe (estou orando por vcs)e por uma grande mãezinha amiga minha q está passando por um grande problema além da saudade do filhinho dela...."C" vou chamá-la assim, amiga "C" de coração.....em breve vou colocar um pedido de uma amiga para a galera do Rio se mobilizar e ajudar uma instituição.
E a todas as mãezinhas que estão colocando o link do blog nos seus profiles, Deus as abençoe tremendamente por espalharem esse sonho de DEus.


Ah...hoje eu me lembrei de uma historinha maravilhosa.

"UM HOMEM FALECERA E QUERIA SABER QUAL ERA A DIFERENÇA ENTRE O CÉU E O INFERNO.
ENTÃO JESUS DECIDIU Q DEIXARIA ELE CONHECER A AMBOS.
LEVOU-0 ATÉ UM SALÃO ENORME ONDE HAVIA UM GRANDE NÚMERO DE PESSOAS COM COLHERES ENORMES NAS MÃOS. ESTAS POSSUÍAM UM CABO ENORME. E AO CENTRO FICAVA UM CALDEIRÃO IMENSO COM SOPA. AS PESSOAS GRITAVAM, SE DEBATIAM, ENFURECIDAS...POIS A COLHER LHES PERMITIA ALCANÇAR O CALDEIRÃO, MAS, NÃO AS PRÓPRIAS BOCAS, DEVIDO AO COMPRIMENTO DO CABO. O SOFRIMENTO ERA ENORME.
OLHANDO A EXPRESSÃO DO HOMEM JESUS DISSE...AQUI É O INFERNO.
ENTÃO SE DIRIGIRAM A UM OUTRO SALÃO. ESSE ERA DO MESMO TAMANHO. HAVIA O MESMO CALDEIRÃO E AS MESMAS COLHERES EXTENSAS. PORÉM, AO CONTRÁRIO DO OUTRO SALÃO, AQUI AS PESSOAS ESTAVAM FELIZES E SATISFEITAS.
JESUS VIROU-SE PARA ELE E DISSE> AQUI É O CÉU.
SEM COMPREENDER O Q ACONTECIA O HOMEM PERGUNTOU PARA JESUS:
-SENHOR....EU NÃO ENTENDO. PQ ALI AS PESSOAS SOFRIAM E GRITAVAM E AQUI TODOS PARECEM FELIZES SE POSSUEM AS MESMAS COLHERES E CALDEIRÃO???
JESUS SORRINDO LHE RESPONDEU:
É SIMPLES....AQUI ELES APRENDERAM A DOR COMIDA UNS AOS OUTROS.

ACHO q é bem por aí. Por diversas vezes compartilhar os nossos problemas e dificuldades podem fazer com que passemos a dar comida uns aos outros. Fazendo daquilo que sozinho nos esmagaria ou seria nossa derrota uma oportunidade de caminhar juntos. De Sobreviver. Quando paramos de olhar para nossas próprias limitações, dificuldades, adversidades e estendemos um olhar em direção ao outro, vemos que na maioria das vezes, nossas dificuldades são menores do que supunhámos. Há sempre uma dor maior que a nossa!!!!

Que nossas colheres, que por vezes não nos permitem colocar o alimento na ´nossa própria boca, possa levar alimento a boca do próximo.

Fiquem com Deus!!!!



Ás 23:07
|

**Comente Aqui Também**
22 Recadinhos também!