<BODY> ~*~* SEBASTIAN UM PROPÓSITO DE DEUS!!! *~*~



Sobre Nós


MEU NOME É VANESSA
SOU PAULISTANA
NASCI NO DIA 13/06 E HOJE MORO EM FORTALEZA, CE.
FUI AGRACIADA COM ALGUNS PRESENTES DE DEUS.
O PRIMEIRO É MEU AMADO ESPOSO HEIKO.
O OUTRO FOI O SEBASTIAN, NOSSO FILHO.
O SEBASTIAN FOI UM PRESENTE NÃO SÓ POR TER TRAZIDO ALEGRIA E MATURIDADE A NÓS.
MAS, POR TER NOS ENSINADO E OFERECIDO MUITO MAIS DO QUE PODERÍAMOS LHE OFERECER.
ELE NOS ENSINOU SOBRE UM AMOR SEM LIMITES.
SOBRE HUMILDADE.
SOBRE FÉ.
FIZ JORNALISMO, ESTUDEI ESTÉTICA
E HOJE FAÇO FISIOTERAPIA.
ASSIM SOU EU.
AMO APRENDER.
AMO MEU DEUS.
AMO MINHA FAMÍLIA. O SEBASTIAN PERMANECEU CONOSCO 5 ANINHOS.
SENDO- ME ENTREGUE POR DEUS NO DIA 04/07/2001
E ME PEDIDO DE VOLTA NO DIA 19/09/06.
SE O CÂNCER O LEVOU PARA O CÉU....
BEM, EU PREFIRO PENSAR QUE NÃO.
ELE ERA GRANDE DEMAIS PARA UM CÂNCER.
ACHO QUE ELE ATINGIU A ESTATURA PERFEITA DE DEUS
E SUA CRUZ LHE PERMITIU ATRAVESSAR PARA O OUTRO LADO....
PODERIA TER MILHÕES DE MOTIVOS PARA TODOS OS DIAS ACORDAR
E ACHAR QUE A VIDA É UMA GRANDE BRINCADEIRA
DE MAL GOSTO DE DEUS.....
MAS, AO CONTRÁRIO
TODOS OS DIAS EU AGRADEÇO POR FAZER PARTE DE TUDO ISSO.
POIS O QUE ME ESPERA.....
EU JAMAIS CONSEGUIRIA DESCREVER.....
ENTÃO.....SE VOCÊ JÁ ESTÁ AQUI,
PORQUE NÃO NOS CONHECE?



Nossos Vídeos






Contato





Link-me







Tempo






Passado

Visitinhas



Ganhamos



Créditos

terça-feira, 7 de abril de 2009

Quando a vida nos entrega uma nova folha em branco...




Toda etapa que se inicia para nós, é como se no Livro da Vida, chegássemos a uma nova folha, branquinha, sem marcas, sem cicatrizes....ainda não sabemos o que nos aguarda e por vezes, tudo é tão novo, que nem sabemos por onde começar.
Esse tem sido meu momento. Deus me entregou uma nova folha, um novo lápis, uma gama de aquarela, um pincel...para que um coração marcado pudesse sonhar novamente!
Pouco a pouco, tenho preenchido essa etapa tão incrível de minha vida, com novos sonhos, com um novo nome, com cores novas, promessas novas, situações totalmente inesperadas. Como parte do processo ali também já estão algumas lágrimas, alguns sustos, alguns medos...o novo sempre nos incomoda....nos desafia.
No dia 09/08/08 foi nos dado um presente. A nossa pequena Duda, como já chamamos, foi gerada. Hoje com 35 semanas de gestação, olho para as oportunidades que se abrem a nossa frente, as experiências absorvidas, e tudo me parece tão absurdamente novo. Certo post mencinei que me esquecera do que precisava comprar, os tamanhos, as quantidades, hoje, cada vez mais próxima a data do nascimento de minha filha, vejo que tenho receio até de não dar conta mais uma vez.
Olho para um passado não tão distante assim, e me questiono como consegui cuidar sozinha? Eu não sabia nada sobre bebês, mas, minha natureza de mãe, meu instinto afloraram e me ensinaram, e tenho certeza que me saí muito bem.
Mas....alguns anos se passaram, uma cicatriz enorme e dolorosa se abriu no meu coração, e me pergunto se conseguirei novamente...
Já não sou tão paciente como há 7 anos atrás, nem sou uma mãe de primeira viagem, porque me sinto tão iniciante então?
Tenho dormido muito pouco, muito mesmo. MInha rotina inclui banhos noturnos, as 3h da manhã, para aliviar a dor nas costas, e tentar acalmar a Dudinha. Meninas mexem muito mais do que meninos....vcs concordam???
Desde domingo, dormir de lado se tornou impossível. Imediatamente tenho contrações dolorosas, e dormir de barriga pra cima, é muito desconfortável, pra quem está entrando no 9 mês de gestação.
Passei diversos sustos, inclusive o pior se deu na quarta-feira, quando o box do meu banheiro estourou (choque térmico). Fiquei ali parada, ensaguentada, pedindo ajuda por mais de 5 minutos e ninguém me ouvia. Tive que pisar nos vidros, me esguelar para que meu irmão me escutasse. Terminei a noite dolorida, com 10 pontos e muito assustada. Glorifico a Deus que estendeu suas maõs sobre mim, e não permitiu nada mais grave. Nem comigo nem com o bebê!
Sexta-feira estive no meu médico, que me deu algumas bronquinhas básicas, minha glicose está um pouco alta, minha alimentação estava muita calórica, uma anemia discreta apareceu, e minhas plaquetas estavam um pouco baixa....Ufa! Deus é bom!!!!
Comer alface, tomar adoçante e cortar os doces que eu simplesmente amo....estão me fazendo sentir como um coelho. Tenho vontade de esconder chocolates embaixo da cama...dá para acreditar?
Meu peso está dentro do normal, não extrapolei não! Mas, minha alimentação revelou que eu naõ estava ingerindo o que precisava. SEnhor me dê forças para comer tanta folha!!! Urgh!!!!
Tenho me distraído muito, com os álbuns que ganhei da Márcia (EUA) e da Ingrid (Fortaleza). Sempre que posso compro aqueles adesivos de scrapbook e fico ali, horas, colando, escrevendo, como um diário.
Cada detalhe da decoração do quarto da Duda, eu tenho me envolvido. Ontem, tive uma idéia bem criativa, e o resultado ficou lindo! Diversas vezes no dia, entro no quarto dela e fico ali, babando, me deliciando, com esse cantinho tão gostoso.
O Heiko assim que chega do trabalho, se troca, e fica ali, sonhando, me ajudando a preencher essa nova história, que aos poucos vai tomando forma, proporção.
Inegável é a saudade do SEbastian....puxa, como ela tem crescido!
Certa noite, tive um sonho tão alegre, tão gostoso, que confesso, não queria acordar. Tentei me manter naquela situação o maior tempo possível.
Sonhei que tinha 3 filhos. O Sebastian pela primeira vez, aparecia nos meus sonhos, muito saudável, com seus 5 aninhos, e eu tinha mais duas meninas. A Maria Eduarda e a Duda. KKKKKKKKK, vê se pode! Sonho é sonho né?
Era uma agitaçaõ minha casa, aquelas vozes doces ecoando, brinquedos e mais brinquedos espalhados. Eu via o Seba brincando, a Duda era a menor, e ficava no cercadinho, enquanto a Maria Eduarda amava pegar meus sapatos de salto fino e morder o salto. Eu me via correndo atrás dela o dia inteiro tirando meus sapatos da boca dela...rsrsrsrsr
Senti vontade de ter uma casa cheia de filhos....pela primeria vez! Como filhos trazem alegria aos nossos lares! Sempre quis um casal. Hoje quero apenas ser mãe novamente. Porém, uma casa com crianças é uma grande benção!
Disposição para mais duas gestações eu não tenho....não hj. Quem sabe.....
Talvez mais a frente eu adote uma criança....por que não?
Bom....chega de rasgar o coração....precisava desabafar um pouquinho, dentro desse livro virtual, onde dia-a-dia escrevo nas páginas que me são entregues.
Obrigada mais uma vez, pela amizade e carinho de todas.....
Coloquei uma fotinho de quando o Sebastian nasceu....
Afinal esse blog é a história da vida dele, logo, logo, a Duda ganhará um blog dela!
Ontem, escutei depois de algum tempo sem ouvir o louvor da abertura do blog. Meu pc está sem som, e só é possível ouvir com fones de ouvido. Assim após procurar alguns vídeos no Youtube, dei uma olhada no blog, e aquele louvor lindo irrompeu na tela. Imediatamente, meu coração apertou, as lágrimas tocaram o teclado....sempre parece a primeria vez. Não sei em quantos corações essa canção tem esse impacto. Ela está aí desde o ínicio, sem alteração alguma, e sempre me emociona....sempre!
Deus tem permanecido ao meu lado, todos os momentos, sussurando novos sonhos, enchendo meu coração de fé....me impulsionando sempre a seguir, a escrever, a louvar.
Viver não é exatamente isso? Um mix de sentimentos, de sensações, de decisões, de entrega. O importante é jamais perder o alvo que está no amor do Pai. Que conhece nossas limitações, nossos medos, nossas inseguranças, mas, que nos ensina que Nele somos mais do que vencedores.
Boa semana a todos!
Amo vcs!!!




Ás 18:08
|

**Comente Aqui Também**
22 Recadinhos também!