<BODY> ~*~* SEBASTIAN UM PROPÓSITO DE DEUS!!! *~*~



Sobre Nós


MEU NOME É VANESSA
SOU PAULISTANA
NASCI NO DIA 13/06 E HOJE MORO EM FORTALEZA, CE.
FUI AGRACIADA COM ALGUNS PRESENTES DE DEUS.
O PRIMEIRO É MEU AMADO ESPOSO HEIKO.
O OUTRO FOI O SEBASTIAN, NOSSO FILHO.
O SEBASTIAN FOI UM PRESENTE NÃO SÓ POR TER TRAZIDO ALEGRIA E MATURIDADE A NÓS.
MAS, POR TER NOS ENSINADO E OFERECIDO MUITO MAIS DO QUE PODERÍAMOS LHE OFERECER.
ELE NOS ENSINOU SOBRE UM AMOR SEM LIMITES.
SOBRE HUMILDADE.
SOBRE FÉ.
FIZ JORNALISMO, ESTUDEI ESTÉTICA
E HOJE FAÇO FISIOTERAPIA.
ASSIM SOU EU.
AMO APRENDER.
AMO MEU DEUS.
AMO MINHA FAMÍLIA. O SEBASTIAN PERMANECEU CONOSCO 5 ANINHOS.
SENDO- ME ENTREGUE POR DEUS NO DIA 04/07/2001
E ME PEDIDO DE VOLTA NO DIA 19/09/06.
SE O CÂNCER O LEVOU PARA O CÉU....
BEM, EU PREFIRO PENSAR QUE NÃO.
ELE ERA GRANDE DEMAIS PARA UM CÂNCER.
ACHO QUE ELE ATINGIU A ESTATURA PERFEITA DE DEUS
E SUA CRUZ LHE PERMITIU ATRAVESSAR PARA O OUTRO LADO....
PODERIA TER MILHÕES DE MOTIVOS PARA TODOS OS DIAS ACORDAR
E ACHAR QUE A VIDA É UMA GRANDE BRINCADEIRA
DE MAL GOSTO DE DEUS.....
MAS, AO CONTRÁRIO
TODOS OS DIAS EU AGRADEÇO POR FAZER PARTE DE TUDO ISSO.
POIS O QUE ME ESPERA.....
EU JAMAIS CONSEGUIRIA DESCREVER.....
ENTÃO.....SE VOCÊ JÁ ESTÁ AQUI,
PORQUE NÃO NOS CONHECE?



Nossos Vídeos






Contato





Link-me







Tempo






Passado

Visitinhas



Ganhamos



Créditos

terça-feira, 28 de abril de 2009

SEJA BEM VINDA DUDA!!!!!!!!!
...A MULTIFORME GRAÇA DE DEUS!!!! (1 Pe 4:10)



São 2h da manhã do dia 25 de abril de 2009. Minha vida voltava a ter um sonzinho novo, um cheiro doce, um olhar suave, caretas e gemidinhos tão contidos que meu coração tanto desejara. Olho para o relógio e vejo que deveria ter acordado antes, mas, a cena que meus olhos contemplam no bercinho ao lado é de tanta ternura...que apenas a recolho em meus braços na tentativa de tirá-la do sonho que ela se encontrava. Troco meu amor com o dela, num gesto que apenas as mães são capazes de oferecer e ela mais uma vez repousa e adormece.
Olho para o relógio novamente e já são 3h da manhã, mas, o sono que sempre foi tão pesado, e que ultimamente me parecia tão precioso, fugiu da minha presença. Me deito, e automaticamente, começo a conversar...não com meu esposo que achou o sono antes do que eu, mas, com Deus...o Deus que me fora fiel até ali...que sustentara minhas quedas, recolhera minhas lágrimas, que escutara meus desabafos, minhas interrogações, que falava do seu amor enquanto eu chorava minha perda. Um Deus que me ensinou a perseverar sem garantia alguma....que me fez andar em meio ao nevoeiro, que permanecia ao meu lado, quando eu virava as costas, que sussurrava ao meu ouvido mantenha a Fé, apenas confie e eu agarrei a bondosa mão de Jesus, quando Ele me estendeu.
Naquela noite, de madrugada, eu entendi perfeitamente a multiforme graça de Deus. Elevei meu olhos para o alto, e comecei a agrader a alegria que estava sentindo. Indescritível alegria! Ter a pequena Duda em meus braços, afagá-la, senti-la, atitudes tão ardentemente desejadas, que uma triste enfermidade removeu uma vez de mim. Porém, agora, eu experimentava novamente uma felicidade tão completa, uma dádiva tão grande...que apenas o louvor e a gratidão saíam de minha boca.
Aonde houvera dor, Ele providenciara a alegria.
Aonde houvera lágrima, Ele providenciara o riso.
Aonde houvera medo, Ele providenciara a coragem.
Aonde houvera perda, Ele providenciara a restituição.
REstituição. Uma vez, alguém me dissera,que Deus jamais restitui. Pois ele não devolve aquilo que vc perdera, Ele sempre faz nova todas as coisas. Meu coração se convencera que nada mais poderia ser tão maravilhoso como um dia fora quando meu filho Sebastian estava ao meu lado. Eu imaginava que poderia ser muito bom, mas, que seria impossível eu amar tanto novamente. Com tanta intensidade....com tamanha plenitude!
Não posso dizer que meu coração estava errado. Mas, equivocado...com certeza!!! Me sinto tão feliz, tão feliz, tão feliz que pareço boba! Me sinto plena, me sinto mãe de novo. Minha casa está mais alegre, minha rotina mudou, minhas prioridades mudaram, e eu mudei...
Ganhei folhas brancas, para escrever uma nova história...
E entendi que Deus realmente não poderia me restituir, no sentido de devolver, o que me fora tirado....mas, que Ele faria nova todas as coisas, quando plantou em mim, o desejo de engravidar novamente.
Quando cheguei em casa, e entrei no quartinho dela, com meu esposo amado, ao meu lado, instantaneamente chorei...éramos uma família novamente.
Olhei para o Heiko e mencionei o quanto eu me sentia plena e amada, mas, não pude deixar de mencionar que faltava o Sebastian ali. Curtindo a chegada da irmãzinha. Sorrindo com sua meiguice e seus olhos repletos de ternura. Abraçados eu, o Heiko ea Mariah Eduarda, choramos de saudade, de muita saudade.
Enquanto me recordava de tudo isso e dialogava com Deus, uma atmosfera de unção, de adoração tomou conta daquele ambiente. Eu podia sentir a presença de Deus ao meu lado. Me levantei, fui para meu quarto, e comecei a adorar, a agradecer, e Deus começou a ministrar comigo. A dizer dos propósitos, das dores, das provas, e de que há uma cruz. Mas, que seu amor sempre floresce. Sempre restaura. E que agora chegara o tempo de que toda lágrima seria secada, e que eu voltaria a sorrir por completo.
Quando comecei o blog, algumas pessoas, me questionaram sobre eu usar Jesus como muleta.
O que posso dizer depois de tudo isso???? Jesus é minha fisioterapia diária, visto que após a perda do Sebastian eu me tornei não uma pessoa deficiente, mas, portadora de necessidades especiais. Cada um tem o direito de escolher o tratamento que mais lhe agrada. Eu não quis um paliativo, mas, a cura.
E a cura chegou no dia 23 de abril de 2009. Como tudo se faz novo, a experiência também foi nova.Eram 5h da manhã, quando uma contração forte e dolorosa irrompeu. Passados 10 minutos...outra. Após mais 10 min....outra. Assim foi por 2h. E com o passar do tempo, elas foram ficando mais próximas e mais doloridas. Agora consigo rir da minha situação...mas, quando chegaram a 5 minutos de espaço, eu já estava uivando...
Liguei para o médico, na esperança de ter como retardar a minha situação. Eu deixara os últimos detalhes todos para a chegada da minha mãe. Falta uma semana ainda????
Ao chegar no consultório do meu obstetra a cena que ele presenciou era cômica. Eu agachada de cócoras, respirando que nem cachorrinho, torcendo os dedos do Heiko e dizendo, posso tomar um Buscopan????
Ele contendo o riso, me disse exatamente assim:
-Vc pode ir para a maternidade agora, se não quiser ter a Duda aqui!!!
Cheguei na maternidade as 12:45h, fui para o centro cirurgico por volta da 13 30h. Tomei a anestesia, o Heiko ficou ao meu lado e uns 5 minutinhos antes da Duda nascer, eu comecei a sentir fortes dores próximo ao pescoço que irradiava pelas costas. O anestesista, explicou algo que eu não entendi muito bem, e começou a me sedar. As 14h em ponto nasceu a Mariah Eduarda Talita. A Duda! A pequena bailarina!!!!
Fiquei ali, literalmente paralisada, não só fisicamente, mas, emocionalmente diante do nascimento da minha filha. Ela estava ali....perfeita e linda!
Capotei umas 3 vezes, falei umas groselhas por causa da sedação...(tudo isso segundo o Heiko) e fui para o quarto. Após uma hora me trouxeram a Duda, 24h depois eu já estava de alta.
Como recordação, levei uma cefaléia intermitente, uma dor aguda muscular, e uma filha linda nos braços. SE valeu a pena???? Valeu!!!!!
Hoje, dia 28 de abril, estou aqui, aproveitando a soneca dela, para atualizar o blog, colocar novas fotinhos, agradecer os coments tão carinhosos, e dizer que ser mãe é maravilhoso. Mas, ser mãe da Duda é demais!!!!
Ela é meiga, calma, mama bem, dorme bem, não é chorona, é uma benção. Enche meu dia de amor, de gratidão. Ela é para mim, a multiforme graça de Deus. Revelada na maternidade, na esperança e na fé, de que Ele faria algo bom para nós.
Poderia encerrar o blog aqui...com essa nova etapa....com esse tom rosa em meio ao azul do SEba. Mas, sei que Deus fará mais do que pedimos ou pensamos....então....até o próximo post não é mesmo?
A propósito, ela nasceu prematura. È comprida, mas, eu tomei um susto quando vi que era tão mignon. Tão delicada! Só não foi motivo de preocupação porque nasceu com um bom peso e estatura. Ela veio com 37 semanas...parece que prematuro é até 38 semanas. Claro que com um risco bem inferior...graças a Deus.
37 ou 40 semanas....o que importa é que ela é linda, saudável, tem muita semelhança fisica com o irmão, mas, cheia de delicadezas e graciosidades de menina!!!! Acho natural tudo isso, e ponto. Não espero ele em nada dela. E não procuro nela nada dele. A não ser o caráter. O amor. Fui agraciada duas vezes....e isso me basta!!!!
Opa...preciso ir....hora da mamada!!!!
bjks para vcs!!!!









Ás 17:59
|

**Comente Aqui Também**
48 Recadinhos também!