<BODY> ~*~* SEBASTIAN UM PROPÓSITO DE DEUS!!! *~*~



Sobre Nós


MEU NOME É VANESSA
SOU PAULISTANA
NASCI NO DIA 13/06 E HOJE MORO EM FORTALEZA, CE.
FUI AGRACIADA COM ALGUNS PRESENTES DE DEUS.
O PRIMEIRO É MEU AMADO ESPOSO HEIKO.
O OUTRO FOI O SEBASTIAN, NOSSO FILHO.
O SEBASTIAN FOI UM PRESENTE NÃO SÓ POR TER TRAZIDO ALEGRIA E MATURIDADE A NÓS.
MAS, POR TER NOS ENSINADO E OFERECIDO MUITO MAIS DO QUE PODERÍAMOS LHE OFERECER.
ELE NOS ENSINOU SOBRE UM AMOR SEM LIMITES.
SOBRE HUMILDADE.
SOBRE FÉ.
FIZ JORNALISMO, ESTUDEI ESTÉTICA
E HOJE FAÇO FISIOTERAPIA.
ASSIM SOU EU.
AMO APRENDER.
AMO MEU DEUS.
AMO MINHA FAMÍLIA. O SEBASTIAN PERMANECEU CONOSCO 5 ANINHOS.
SENDO- ME ENTREGUE POR DEUS NO DIA 04/07/2001
E ME PEDIDO DE VOLTA NO DIA 19/09/06.
SE O CÂNCER O LEVOU PARA O CÉU....
BEM, EU PREFIRO PENSAR QUE NÃO.
ELE ERA GRANDE DEMAIS PARA UM CÂNCER.
ACHO QUE ELE ATINGIU A ESTATURA PERFEITA DE DEUS
E SUA CRUZ LHE PERMITIU ATRAVESSAR PARA O OUTRO LADO....
PODERIA TER MILHÕES DE MOTIVOS PARA TODOS OS DIAS ACORDAR
E ACHAR QUE A VIDA É UMA GRANDE BRINCADEIRA
DE MAL GOSTO DE DEUS.....
MAS, AO CONTRÁRIO
TODOS OS DIAS EU AGRADEÇO POR FAZER PARTE DE TUDO ISSO.
POIS O QUE ME ESPERA.....
EU JAMAIS CONSEGUIRIA DESCREVER.....
ENTÃO.....SE VOCÊ JÁ ESTÁ AQUI,
PORQUE NÃO NOS CONHECE?



Nossos Vídeos






Contato





Link-me







Tempo






Passado

Visitinhas



Ganhamos



Créditos

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

É PRECISO DOIS PARA DANÇAR UM TANGO!!!



OK! Meu post não fala sobre danças de salão, nem como aprender em 10 passos a bailar um tango. O tango sempre me chamou a atenção como bailarina que fui. Na verdade a considero a dança mais sensual que há. O tango é um diálogo entre o homem e a mulher. Toda vez que assisto a alguma apresentação de tango, vejo que dois amantes se comunicam de maneira íntima.
Trazendo isso para o contexto que quero abordar, o casamento é um tango que se dança a dois. Se um lado sobressair mais do que o outro a sincronia acaba, e o desfecho normalmente não é muito feliz.
Estou lendo o livro a Batalha de Toda Mulher, e quando cheguei no capítulo 10 vi que muitas das minhas próprias atitudes não são lá muito positivas....
A autora fala de que não devemos tratar nossos maridos como nossos filhos. Isso parece óbvio não é mesmo? Mas, será que é???
Quantas vezes não reprendemos a roupa que eles escolhem para ir a algum lugar. Não reclamamos da falta de cooperação em casa. Ficamos o tempo todo resmungando, dando "gelo" em nossos esposos, como forma de punição por nosso desapontamento.
Quantas de nós já não ouvimos a frase:
-Fulana...vc daria uma ótima advogada!!!
Embora isso possa parecer um elogio do seu marido, a verdade é outra. A comparação é um alerta para nossa necessidade de vencer a discussão. Que afeta e muito a relação de ambos.
Agora....honestamente, quantas de nós se portam dessa mesma maneira com suas amigas???
A Maria, Antonia, Vanessa que realmente somos não são aquelas que o mundo vê, mas, a que nossa família enxerga!!!
Tratamos muito mais respeitosamente nossas amigas e até colegas do que nossos maridos.
Exercer autoridade sobre eles como fazemos com os filhos está errado! Algumas chegam a corrigi-los à mesa em frente aos amigos ou filhos.
Relação mãe e filho é para mães e filhos. Os homens não querem fazer sexo com as mães!!!! Seu marido se casou para ter uma companheira não outra mãe.
Falamos mais e colocamos verbalmente o nosso amor. No ínicio de um casamento é comum, cultivarmos com cartões, presentes, jantares a relação. Ao passo que muitos cônjuges talvez, nunca mandaram um cartão se quer. Então, vamos nos sentindo negligenciadas e furiosas!!!
O Heiko nunca lembra uma data importante, nem manda cartões, ou compra presentes surpresa para mim.
Mas, ele sempre cozinha algo quando estou ocupada e vou pregar fora. Ou prepara a sobremesa que mais amo. Não me recrimina se compro algo novo para mim. Me apóia sempre, me motivando todos os dias. Me diz que sou linda e que me ama. Essa é a maneira que ele me expressa seu amor. A propósito o Heiko é fera em gastronomia, então cozinhar é algo que ele manda muito bem!!!!
Á medida que aprendemos a falar a linguagem de amor um do outro, nossos tanques de amor são abastecidos e protegemos nosso relacionamento conjugal das tentações não apenas físicas mas emocionais.
A autora do livro sugere 3 perguntas para nos avaliarmos:

-Vc sabe quais são suas necessidades EMOCINAIS(muitas mulheres não sabem; sabem apenas que não estão satisfeitas.
-Vc explicou com AMOR E RESPEITO, quais são exatamente essas necessidades e como seu marido pode encher seu tanque emocional?
-Vc o inspirou a tentar compreender suas necessidades de intimidade emocional, ou isso é algo que vc tem exigido dele?

Precisamos ter em mente, que relacionamentos são complexos e cada indivíduo precisa mudar primeiro a si e deixar que Deus mude o outro. Eu creio que o casamento pode ser restaurado, desde que nós sejamos restauradas antes de mais nada!!!!
É preciso dois para dançar um tango!!!! Vc precisa primeiro aprender a dançar para depois confiar que seu parceiro é capaz de fazê-la girar por todo o salão de maneria harmoniosa, apaixonada e envolvente. Não deveria ser assim um casamento?!

"LImpa primeiro o interior do copo e depois todo o copo ficará limpo." Mateus 2:26

obs. Muitas das frases foram extraídas do livro a BAtalha de Toda Mulher de Shannon Ethridge.


boa semana para nós!!!



Ás 12:48
|

**Comente Aqui Também**
9 Recadinhos também!