<BODY> ~*~* SEBASTIAN UM PROPÓSITO DE DEUS!!! *~*~



Sobre Nós


MEU NOME É VANESSA
SOU PAULISTANA
NASCI NO DIA 13/06 E HOJE MORO EM FORTALEZA, CE.
FUI AGRACIADA COM ALGUNS PRESENTES DE DEUS.
O PRIMEIRO É MEU AMADO ESPOSO HEIKO.
O OUTRO FOI O SEBASTIAN, NOSSO FILHO.
O SEBASTIAN FOI UM PRESENTE NÃO SÓ POR TER TRAZIDO ALEGRIA E MATURIDADE A NÓS.
MAS, POR TER NOS ENSINADO E OFERECIDO MUITO MAIS DO QUE PODERÍAMOS LHE OFERECER.
ELE NOS ENSINOU SOBRE UM AMOR SEM LIMITES.
SOBRE HUMILDADE.
SOBRE FÉ.
FIZ JORNALISMO, ESTUDEI ESTÉTICA
E HOJE FAÇO FISIOTERAPIA.
ASSIM SOU EU.
AMO APRENDER.
AMO MEU DEUS.
AMO MINHA FAMÍLIA. O SEBASTIAN PERMANECEU CONOSCO 5 ANINHOS.
SENDO- ME ENTREGUE POR DEUS NO DIA 04/07/2001
E ME PEDIDO DE VOLTA NO DIA 19/09/06.
SE O CÂNCER O LEVOU PARA O CÉU....
BEM, EU PREFIRO PENSAR QUE NÃO.
ELE ERA GRANDE DEMAIS PARA UM CÂNCER.
ACHO QUE ELE ATINGIU A ESTATURA PERFEITA DE DEUS
E SUA CRUZ LHE PERMITIU ATRAVESSAR PARA O OUTRO LADO....
PODERIA TER MILHÕES DE MOTIVOS PARA TODOS OS DIAS ACORDAR
E ACHAR QUE A VIDA É UMA GRANDE BRINCADEIRA
DE MAL GOSTO DE DEUS.....
MAS, AO CONTRÁRIO
TODOS OS DIAS EU AGRADEÇO POR FAZER PARTE DE TUDO ISSO.
POIS O QUE ME ESPERA.....
EU JAMAIS CONSEGUIRIA DESCREVER.....
ENTÃO.....SE VOCÊ JÁ ESTÁ AQUI,
PORQUE NÃO NOS CONHECE?



Nossos Vídeos






Contato





Link-me







Tempo






Passado

Visitinhas



Ganhamos



Créditos

quinta-feira, 4 de março de 2010

Acordando Jesus!!!




Na semana que escrevi sobre a peneira que muitas vezes passamos, mal supunha eu, que terminaria de postá-la para ser confrontada mais uma vez. Passei um desgaste emocional tão grande que por fim acabei saindo uns dias de férias com meu marido e minha filhotinha. E foi muito bom esse tempo. Pensei que ali teria muitas experiências com Deus. Pensei que teria mais tempo para responder emails, que há muitos dias estão atrasados. Pensei que teria tempo para trabalhar em cima do livro. Pensei também que postaria mais. Mas nada disso aconteceu.
Eu tive tempo apenas para a Duda. Para o Heiko. Tive tempo para minha família. Tive tempo para descansar minha mente e aquietar minha alma. E foi muito bom!
Infelizmente no domingo à noite, nossa princesinha começou a arder de febre. E isso antecipou nossa volta.
Refleti e muito se compartilharia o momento que estamos atravessando....e vou dividir aquilo que posso. Manterei a fé que no momento oportuno o testemunho que darei glorificará a Cristo. Estamos no meio da tempestade como muitos de vcs!
E essa não é a primeira vez que passamos por isso. Quem conhece meu testemunho sabe que não foi apenas o CA que nos atingiu. Foi uma avalanche de circunstâncias adversas. E Glória a Deus posso testemunhar os milagres em diversas áreas.
Porém, estou aprendendo uma importante lição. O ápice do ministério de Jesus foi a cruz!!!! Quanto mais Ele se aproximava do alvo, maiores eram as lutas, os obstáculos.
Confesso que a perda do Sebastian me fez achar que fosse o ápice de minhas adversidades. E com toda certeza foi. O que são as lutas que atravesso comparado a isso? Mas, intimamente, eu cogitei que não tornaria a passar por alguns obstáculos novamente. Não pensei que haveria muitos dias tempestuosos. Muitas lágrimas por derramar. Muita forja. Muita prensa. Muita humilhação. Muita poda.
Estava enganada. Aproveito para dizer que todos sempre tem uma palavra de aconselhamento, como os amigos de Jó. Me lembro de muitas leitoras que transitam por aqui, e que não agüentam mais os jargões de que TUDO VAI DAR CERTO.
Poucas coisas nessa vida eu não fui provada. Muito poucas. Embora creia que tudo no final vá dar certo, precisei ouvir de Jesus a resposta.
Alguém se identifica com o que estou relatando? Caso não, aqui me sinto a vontade para desabafar....rs.
Fiquei triste. Não com Deus. Fiquei triste com o silêncio. Fiquei triste porque inúmeras vezes recebi promessas de unção nas áreas em que aparentemente eu não tinha nenhuma. Como???

No meio da oração que eu fiz na terça-feira, Jesus me visitou e ministrou o que reparto com vocês.

Eis o versículo que se baseia:

Naquele dia, ao cair da tarde, Jesus disse a seus discípulos: “Vamos para a outra margem!” Eles despediram a multidão e levaram Jesus consigo, assim como estava, na barca. Havia ainda outras barcas com ele. Começou a soprar uma ventania muito forte e as ondas se lançavam dentro da barca, de modo que a barca já começava a se encher. Jesus estava na parte de trás, dormindo sobre um travesseiro. Os discípulos o acordaram e disseram: “Mestre, estamos perecendo e tu não te importas?” Ele se levantou e ordenou ao vento e ao mar: “Silêncio! Cala-te!” O vento cessou e houve uma grande calmaria. Então Jesus perguntou aos discípulos: “Por que sois tão medrosos? Ainda não tendes fé?” Eles sentiram um grande medo e diziam uns aos outros: “Quem é este, a quem até o vento e o mar obedecem”. (Mc 4:35-41)

Eu já postei sobre esse texto. Porém, com uma ótica bem diferente. Amo a Palavra porque ela se renova. E nos renova também!!!!

Só sabe aonde o calo aperta quem é dono do calo, não é mesmo? O que quero dizer com isso? Apenas os discípulos sabiam o tamanho das ondas, a fúria do mar. Quando lemos o texto imediatamente julgamos a falta de fé deles. Experimente observar o lado oposto. Imagine-se dentro de uma jangada (comum no Ceará), com o mar se agitando cada vez mais. Imagine as ondas quebrando em cima de você. Imagine o vento forte soprando e arremessando o pequeno barco de um lado para o outro.
Se vc tem pouca intimidade com o mar como eu, imagine a vida. Alguém aqui, já se sentiu como Jó recebendo uma notícia ruim atrás da outra? Talvez para os que estão de fora, pareça falta de fé. Deus recriminou os amigos de Jó bem intencionados que apenas julgaram-no. Só sabe o tamanho das ondas, a força do mar, a dor da perda, o medo em meio as adversidades quem está no barco. Enquanto lia, meu coração se encheu de esperança. Eu me vi ali, sentada no barquinho com João, Pedro, Judas, Lucas. Talvez vc possa se ver sentada comigo. Somos os discípulos desses dias não somos? Fiquei fascinada por aquilo que estava sendo ministrado a mim. Quando me saltaram aos olhos as palavras:

MESTRE ESTAMOS PERECENDO. JESUS ACORDA. SOCORRO!!!!

Comecei a orar e gritar, Jesus Jesus Jesus levanta-te. Tu não te importas?
Você já havia atentado para isso. A Bíblia está repleta de homens e mulheres de Deus que pediram para que Deus agisse. Davi escreveu inúmeros salmos onde dizia: Apressa-te Senhor. Socorre-me. Levanta-te Senhor. Desperta oh Deus meu!!!

Foi isso que os discípulos disseram: Jesus acorda!!!! Jesus desperta!!!!
(essa foi uma oração ousada!!!!) Não por falta de temor. Mas por convicção de que se há alguém que possa fazer algo é Jesus.

Sim, vc pode passar pelas adversidades em silêncio. Mas, ás vezes vc deve passar clamando.Embora Jesus os tenha advertido pela falta de fé, creio que podemos extrair dessa passagem, uma preciosa lição. Se Jesus está com vc, não êxite em chamá-lo. Zaqueu atraiu a atenção de Jesus não atraiu? Os discípulos no barco também. Jesus não te importas???

SIM!!SIM!!! ELE SE IMPORTA!!!

E no meio de tudo isso, o Espírito Santo me pediu para ir até minha sacada (eu moro bem em frente ao mar) e olhar para o oceano. Pode parecer uma piraçaõ minha, mas, a Bíblia diz que Jesus usa os loucos para confundir os sábios, então....

-Filha, o que vc vê?
No primeiro momento eu vi muitos surfistas. A maioria deles tentando passar a arrebentação. O mar estava agitado aonde eles estavam.
E ele me disse:
-Vc já esteve aqui!!! Sendo jogada onda após onda para o ínicio da praia. Tendo que passar a rebentação. Tendo que remar muito para poder surfar como esses rapazes. A maioria desiste nesse ponto. Muitos são jogados rapidamente de volta a areia. Quantos não tem suas pranchas quebradas, perdem o lasch (a cordinha que prende a prancha), tomam “pranchada na cabeça”, se afogam. Quantos no ínicio não bebem muita água (os que vão com sede demais ao pote e engasgam)
Mas, vc perseverou e ultrapassou o lugar aonde eles estão. Você foi provada e aprovada. Vc se manteve constante.
-Agora olhe para o horizonte.
Quando eu olhei mais adiante, vi uma jangada, muito longe. Isolada em alto-mar.
-Está vendo esse barquinho?
-Estou Senhor!
-Você é ele hoje. Vê como vc está longe da arrebentação. Vê o quanto vc já percorreu em mim?
-Filha quem controla o vento sou Eu!!!!
Eu sopro para onde quero. (Nesse momento me lembrei daquela passagem: O vento sopra, mas, vc não sabe de onde vem e nem para onde vai)
A sua parte é apenas posicionar as velas. O mar é minha presença. O mar sou Eu. Posicione suas velas!
-Talvez a pessoa que esteja naquele barquinho, esteja se perguntando como voltar para terra firme. Se o vento parar de soprar, ele ficará ali.Á deriva!
Você tem se perguntado como voltar. Como parar? Como obter paz? Quem sopra sou Eu! Não você, mas, Eu! Posicione suas velas!!!!

Olhando mais firmemente, tive uma visão interessante. Vou tentar descrever o mais detalhadamente possível. As velas da jangada, eram compostas de uma vela grande e uma bem menor. Paralelas.
-Você pode se ver naquela jangada? Vc pode se ver comigo ali?
Ao olhá-las me vi como a vela menor (ajoelhada) e Jesus como a vela maior ( no controle de todas as coisas). Entendi ali que deveria manter os olhos Nele. E confiar que Ele sopraria para o lado certo.
Minha parte era posicionar as velas, orar e manter os olhos fixos na sua presença.
Como a vela maior ele detém o controle e me levará para mares mais calmos....no tempo certo!
A jangada se deslocou e eu fiquei ali, deixando que aquela imagem preenchesse meu coração. Me vi tanto ali, prostrada, mas com os olhos fixos Nele. Chorei por dentro. Raras vezes chorei assim. Era como se meu espírito se derramasse. Chegou um momento onde apenas a vela grande era visível. Eu só podia vê-lo!
Interessante não é mesmo? Embora seja uma experiência muito pessoal, no final resta apenas Ele. O Centro. A base. A rocha. O mar. A presença!
Deixei minhas vistas percorrerem até que inundada de paz e fé, contemplei o mar calmo, tranquilo e o vento doce. Jesus estava acordado e eu poderia dormir em paz!


Espero que ao ler TUDO ISSO que escrevi, faça algum sentido para vocês. Se não, sem problemas. Servir a Jesus nem sempre faz sentido, mas, dá sentido para minha vida!

Um grande abraço, amo vcs em Cristo!


Van



(orem pela Dudinha, incluam ela na lista de orações, por favor!)



Ás 15:26
|

**Comente Aqui Também**
19 Recadinhos também!