<BODY> ~*~* SEBASTIAN UM PROPÓSITO DE DEUS!!! *~*~



Sobre Nós


MEU NOME É VANESSA
SOU PAULISTANA
NASCI NO DIA 13/06 E HOJE MORO EM FORTALEZA, CE.
FUI AGRACIADA COM ALGUNS PRESENTES DE DEUS.
O PRIMEIRO É MEU AMADO ESPOSO HEIKO.
O OUTRO FOI O SEBASTIAN, NOSSO FILHO.
O SEBASTIAN FOI UM PRESENTE NÃO SÓ POR TER TRAZIDO ALEGRIA E MATURIDADE A NÓS.
MAS, POR TER NOS ENSINADO E OFERECIDO MUITO MAIS DO QUE PODERÍAMOS LHE OFERECER.
ELE NOS ENSINOU SOBRE UM AMOR SEM LIMITES.
SOBRE HUMILDADE.
SOBRE FÉ.
FIZ JORNALISMO, ESTUDEI ESTÉTICA
E HOJE FAÇO FISIOTERAPIA.
ASSIM SOU EU.
AMO APRENDER.
AMO MEU DEUS.
AMO MINHA FAMÍLIA. O SEBASTIAN PERMANECEU CONOSCO 5 ANINHOS.
SENDO- ME ENTREGUE POR DEUS NO DIA 04/07/2001
E ME PEDIDO DE VOLTA NO DIA 19/09/06.
SE O CÂNCER O LEVOU PARA O CÉU....
BEM, EU PREFIRO PENSAR QUE NÃO.
ELE ERA GRANDE DEMAIS PARA UM CÂNCER.
ACHO QUE ELE ATINGIU A ESTATURA PERFEITA DE DEUS
E SUA CRUZ LHE PERMITIU ATRAVESSAR PARA O OUTRO LADO....
PODERIA TER MILHÕES DE MOTIVOS PARA TODOS OS DIAS ACORDAR
E ACHAR QUE A VIDA É UMA GRANDE BRINCADEIRA
DE MAL GOSTO DE DEUS.....
MAS, AO CONTRÁRIO
TODOS OS DIAS EU AGRADEÇO POR FAZER PARTE DE TUDO ISSO.
POIS O QUE ME ESPERA.....
EU JAMAIS CONSEGUIRIA DESCREVER.....
ENTÃO.....SE VOCÊ JÁ ESTÁ AQUI,
PORQUE NÃO NOS CONHECE?



Nossos Vídeos






Contato





Link-me







Tempo






Passado

Visitinhas



Ganhamos



Créditos

quarta-feira, 30 de junho de 2010


“Em verdade, em verdade vos digo: Se o grão de trigo, caindo na terra, não morrer, fica ele só; mas se morrer produz muito fruto. Quem ama a sua vida, perde-a; mas aquele que odeia a sua vida neste mundo, preservá-la-á para a vida eterna”, João 12:24-25.


Morrer. Existe algo que nos pareça mais incoerente. Porque passar uma vida planejando, gerando, batalhando, para numa fração de segundos, deixar de existir. Seria dessa maneira? Você crê dessa forma? Literalmente, essa é a única certeza que temos. A que ao seu tempo, todos, sem exceção, iremos morrer. Isso é um fato, mas, não o único. Existe algo que compete decisivamente por mim e por você. A vida. Como é Vanessa? A vida não é passageira? Não é limitada. Não ela não é!
Porque a morte, apenas põe fim, as dores desse mundo. Mas não há vida. A vida abundante da qual fazemos parte. Da paz que não nos é tirada por causa de contas atrasadas e faturas por vencer. A alegria que não é ceifada porque sempre desejamos algo novo. A fé que não pode ser abalada por causa de uma enfermidade. A comunhão que jamais será perdida por causa de perdas, separações, acidentes. A vida que permanecerá sendo vida, porque não pode ser disvinculada do seu Autor.

Existem dias que parecem exatamente iguais aos outros. Dias comuns. Dias. Se não fosse por nossos dias, estarem sendo conduzidos por algo maior do que eu e você. Eu estava tendo um dia simples...havia feito minhas atividades diárias. Rotina. A noite teria uma atividade na igreja em que congrego. Iríamos orar no novo local. Estamos de mudança. 19h reunião no novo templo. Fui para lá com duas irmãs preciosas que Deus me deu e começamos a orar. Ainda no carro sentimos a presença doce do Espírito Santo, dizendo para mim, que aquele não seria um dia comum, mas, UM DIA ESPECIAL.
O que teria de especial para mim?
Choro como há tempos não chorava porque algo me impactou profundamente.
Faz alguns meses que não posto derramando lágrimas sobre o teclado do computador. Sabendo que não sou louca. Não sou religiosa. Não sou alguém que não sabe de onde vem e nem para onde vai. Sou uma mulher apaixonada.
Enquanto orávamos e intercedíamos consagrando aquele espaço a Jesus, comecei a discernir em meu coração que precisávamos realizar um ato profético naquela terra. Declarando que ali seria um lindo jardim. Frutífero. Lançando sementes para todo o Ceará, para as nações.
Continuamos ali, pedindo perdão pelos pecados que pudessem ter sido cometidos ali. Por toda transação ilícita que os antigos proprietários fizeram, pela pornografia acessada pelos funcionários, pelas festas regadas a bebidas, pela idolatria, e tantas outras coisas que o Espírito Santo nos direcionava.
Assim percorremos todo o galpão declarando e consagrando a Jesus desde a fundação até as vigas do teto que tudo que estava ali agora era santo. Casa do Senhor. Num dado momento o líder da Assistência Social, começou a chamar os famintos, os moradores de rua, os órfãos, os que tem sede para dentro da igreja. Ele chorava de fome e sede. Fomos direcionados a alimentá-lo e declar que todos que chegassem famintos naquele lugar encontrariam alimento, quer físico quer espiritual. Demos água para ele e declarávamos que todos que tivessem sede seriam saciados pela água viva que é Jesus. Foi muito impactante.
Ao chegar no fundo do galpão, existe ali, uma área que será um espaço de convivência e comunhão. Hoje ele é apenas um quintal misturado de areia e pedras.
Meu pastor entendendo que vinha de Deus a direção me abençoou a ir no mercado comprar a mudinha para plantar lá.
Eu fui até o Pão de Açúcar que fica ao lado e procurei por algo especial. Havia exposto, mudas de pimenta, arruda...urghhhhhhhhhh!!!!E flores. Procurei por lírios, mas, não tinha nenhum. Existe margaridas e flores do campo. Imediatamente me veio a passagem sobre Israel se tornar um lindo jardim florido que a Bíblia fala. Comprei o mais lindo vaso, de flores coloridas e levei para lá.
Nossos pastores começaram a plantar a mudinha e me pediram para orar. Assim que olhei para o chão, vi o solo que naturalmente, parecia infrutífero. Não havia terra adubada ali, nem sombra, apenas areia e pedras. Tomada de intrepidez declarei que ainda que essa terra fosse pedregosa, que o sol escaldante, as vidas que chegassem até nós teriam raiz profunda, arrancariam dali agua abundante e cresceriam. Frutificariam e lançariam sementes na terra e pelas nações.
Dia 04/07 seria aniversário do Sebastian. E será a inauguração da Igreja. Os pastores que aqui estão nos conheceram lá em São Paulo, no Hospital Samaritano. Eles acompanharam o Sebastian quando lá estávamos. A sementinha tão pequenina que morreu.
Hoje estamos plantando flores, declarando que elas estarão firmadas na rocha. Só Deus sabe o que significava para mim tudo aquilo. Mas, o melhor de Deus ainda estava por vir. Quem lê o blog sabe que existe um sinal profético que acompanha minha vida.
Após cavar a terra, remí-la, lançar a planta, faltava apenas regar. Um irmão fez menção de buscar água para molhar as flores. Só que a pequena nuvem ja estava sobre nós. Alguém gritou:
-Está serenando!!!!!
Tomada de ousadia, eu comecei a cantar o louvor que marca minha vida, que me lembre sempre da fidelidade de Deus.
Assim comecei:
-Eu vejo uma pequena nuvem do tamanho da mão de um homem....
E meus irmãos e irmãs começaram a louvar a Deus juntos comigo.
Quem regou nossa plantinha????

Claro que JEsus!!!!!Por que em alguns segundos estávamos de baixo de uma abundante chuva. Glorificando a Deus.
Abracei o Heiko, e comecei a agradecer a visitação do Pai. Assim como ele me visitara a primeira vez que orei depois da conversão. Ou na noite em que escutei a médica dizer que meu filho não sobreviveria e pedi para que Deus mandasse chuva. Como no enterro do meu filho quando pedi que Jesus me consolasse e me amasse naquela hora....e choveu....numa tarde tão ensolarada. Se você mora em Fortaleza, talvez se lembre que choveu....uma chuva doce e densa. Como lágrimas de um Pai Amoroso que deu seu único Filho por amor a nós. Como lágrimas de uma mãe que enterrou um filho e entendeu que Deus é bom e que há propósito para todas as coisas. Abraçados e molhados, homens e mulheres tão diferentes, unidos pela Graça de Cristo, estão não apenas aqui nesta igreja, neste blog, mas, no mundo, regando sementes para Grande Colheita com lágrimas.

Porque aquele que com lágrimas semeia, com alegria ceifará!!!!!

Talvez você não entenda, o que esse sinal significa. E quem sabe, minha limitação para escrever não te ajude ou permita, compartilhar da alegria de ser visitado por Deus. Leio tantos emails, vejo tanta coisa ao redor, de pessoas que não creem, não são tocadas pelo amor.
Acho que poderia fazer mais, oro para saber como, mas, dividir com vocês tamanha experiência, é um privilégio. Por que sou,como disse no início, uma mulher apaixonada. Prisioneira de Cristo como o Ap. Paulo disse.
Sim uma semente morreu. Porém, hoje um Ministério pode lançar sementes para a Colheita de Cristo. Que morreu e com sua morte venceu nos dando Vida.
Termino dizendo que muitas são as sementes que morrem por amor a Cristo, para edificar a fé, e gerar frutos para Ele e não para nós.


Por que Dele, por Ele, para Ele são todas as coisas!!!!


obs. Quero agradecer as leitoras que tem lançado sementes na minha vida. Vocês fazem parte disso!!!!
A leitora de Lisboa que me escreveu, me mande seu email, eu naõ o localizei.
Luciana e Amadeu Coutinho, seu email foi resposta de oração. Deus te abençoe!!!



Ás 09:53
|

**Comente Aqui Também**
7 Recadinhos também!