<BODY> ~*~* SEBASTIAN UM PROPÓSITO DE DEUS!!! *~*~



Sobre Nós


MEU NOME É VANESSA
SOU PAULISTANA
NASCI NO DIA 13/06 E HOJE MORO EM FORTALEZA, CE.
FUI AGRACIADA COM ALGUNS PRESENTES DE DEUS.
O PRIMEIRO É MEU AMADO ESPOSO HEIKO.
O OUTRO FOI O SEBASTIAN, NOSSO FILHO.
O SEBASTIAN FOI UM PRESENTE NÃO SÓ POR TER TRAZIDO ALEGRIA E MATURIDADE A NÓS.
MAS, POR TER NOS ENSINADO E OFERECIDO MUITO MAIS DO QUE PODERÍAMOS LHE OFERECER.
ELE NOS ENSINOU SOBRE UM AMOR SEM LIMITES.
SOBRE HUMILDADE.
SOBRE FÉ.
FIZ JORNALISMO, ESTUDEI ESTÉTICA
E HOJE FAÇO FISIOTERAPIA.
ASSIM SOU EU.
AMO APRENDER.
AMO MEU DEUS.
AMO MINHA FAMÍLIA. O SEBASTIAN PERMANECEU CONOSCO 5 ANINHOS.
SENDO- ME ENTREGUE POR DEUS NO DIA 04/07/2001
E ME PEDIDO DE VOLTA NO DIA 19/09/06.
SE O CÂNCER O LEVOU PARA O CÉU....
BEM, EU PREFIRO PENSAR QUE NÃO.
ELE ERA GRANDE DEMAIS PARA UM CÂNCER.
ACHO QUE ELE ATINGIU A ESTATURA PERFEITA DE DEUS
E SUA CRUZ LHE PERMITIU ATRAVESSAR PARA O OUTRO LADO....
PODERIA TER MILHÕES DE MOTIVOS PARA TODOS OS DIAS ACORDAR
E ACHAR QUE A VIDA É UMA GRANDE BRINCADEIRA
DE MAL GOSTO DE DEUS.....
MAS, AO CONTRÁRIO
TODOS OS DIAS EU AGRADEÇO POR FAZER PARTE DE TUDO ISSO.
POIS O QUE ME ESPERA.....
EU JAMAIS CONSEGUIRIA DESCREVER.....
ENTÃO.....SE VOCÊ JÁ ESTÁ AQUI,
PORQUE NÃO NOS CONHECE?



Nossos Vídeos






Contato





Link-me







Tempo






Passado

Visitinhas



Ganhamos



Créditos

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Quando tudo desmorona


Qual a garantia de que o bem sempre perdure?
Qual pessoa, classe, conhecimento, bens, pode prometer isso?
Uma vida longe do caos. Longe do dia mau. Dos revezes.
Sabemos a sensação...a segurança esvair em meio aos nossos dedos.
como a areia apanhada na praia que se dissipa com a força da onda.
quando tudo vem abaixo, quando nosso mundo desmorona, como manter-se de pé. Como abster-se do direito de ficar ofendido.
Aonde está a lógica? Não faz sentido algum.
Injustiçado. Injustiça. Palavra que anda de mão dada com adversidade.
Quando achamos justo a dor?
Ou a perda?
A fome?
A guerra? Os desastres?
A morte?
Quando tudo desmorona, a primeira coisa que vacila é a Fé.
A Fé que pede convicção no que não se vê. Tão volátil quanto a fumaça. Tão real quanto o vento.

Sentado sobre a própria desgraça, Jó coça-se com cacos de vidro.
Fiz tudo certo.Absolutamente tudo. E minha vida inteira desmorou sobre mim.
Não apenas um, mas, vários golpes duros da vida o atingiram. No mesmo dia. Tudo que ele conhecia desapareceu. Tudo que ele construiu, desabou.Tudo que ele amava, morrera. Tudo que ele criara, fora consumido. Ele tinha tudo e ficou sem nada. Nada mais restara.
Não restara a casa.
Não restara os bens.
Não restara os filhos.
O que importava agora?

Seria o momento certo de revoltar-se com a vida. De questionar convicções. Recebi o mal pelo bem que fiz?
E o que poderia ser o diálogo de um homem furioso e ofendido, passa a ser as honestas perguntas de alguém que nega-se o direito de ofender-se.

Recebi o bem de Deus com alegria. Por que não receberia o mal também?

Deus me deu. Deus tomou. Louvado seja o nome do Senhor!

Essa semana estive no velório de um amigo. Que ceifou a própria vida. Talvez porque ela tivesse desmoronado sobre si.
Enquanto dirigia para Arujá, um pensamento invadiu minha mente.

A vida e a morte são a prova incontestável da minha existência.
Você nao decide quando nasce e nem a hora de partir.
Você não tem o controle!
A Deus pertence a vida e a morte. Ainda que tudo desmorone. Ainda que o mundo pareça desabar sobre nós.
A incapacidade do ser humano está em procurar resposta pra tudo. Razão. Racionalizar os caminhos que a vida percorre. Na ânsia de compreender a vida, muitos deixam de viver. Deixam de amar. Esquecem que a vida está fundamenta em Deus. Ele é a resposta. Ele é o Início. Ele é o fim.
Quanto mais substituimos a vida pelo êfemero, por aquilo que passa, mais vazia ela se torna. A vida perde o sentido quanto mais se afasta da fonte. Como o repercutir de uma onda que ao se propagar perde a intensidade.
A vida desaba de um instante para o outro.
Um piscar de olhos.
Talvez você possua inúmeras razões para se aborrecer.
Talvez você segure um retrato de alguém que partiu....cedo demais
Talvez você segure uma caneta, tendo a frente um papel de divorcio...
Talvez você naõ saiba mais como manter a dignidade diante da vida,
Talvez você acabe de receber um diagnóstico,
Um telefonema,
Um acidente,
Um dia mau...
Talvez hoje apenas, você naõ encontre sentido na vida....
Você naõ encontre razão pra seguir....
Talvez hoje você busque uma resposta....


POR QUE?


Aonde você estava Deus? O que fiz para merecer isto?

Deus respondeu ao infortúnio de Jó com um discurso que o faz vislumbrar algo maior. A verdadeira questão é Deus se importa?

A resposta de Jó, nos sacode.
"Na verdade, falei do que não entendia; coisas maravilhosas demais para mim, coisas que eu não conhecia....Por isso, me abomino e me arrependo no pó e na cinza" (Jó 42:3,6).

Ao olhar para o Alto, Jó percebe o valor real das coisas. A perspectiva exata. O mundo que parece tão real é passageiro. Deus que parece tão vago é real. O Deus que paerce ausente se apresenta.
O perigo aqui, é esperar sempre de Deus um milagre. Uma aparição. Deus já fez suas aparições no Antigo Testamento, e provou se importar em Cristo Jesus.

Quando nos afastamos de Deus a vida se torna insuportável. Uma sucessiva busca por preenchimento. Por sentido. Mais e mais.
A vida infelizmente tem no seu trajeto dias que tudo vem abaixo.
Demissões.Desilusões.Tristezas.
Jó entendeu antes mesmo de ser restituído. Ele proferiu as palavras acima citadas antes de ser abençoado.
Ele ainda estava nu, sentado sobre cinzas, coçando suas feridas quando proferiu tais palavras. Ele estava ainda com sua vida sobre sua cabeça.
mas, ele não permitiu que as pedras que rolaram sobre si o enterrassem junto a elas. Ele permitiu que Deus estivesse no centro. Ele entregou o seu nada para Aquele que tudo pode.

Nossas indagações partem sempre da perspectiva do eu. Humana. Falível. Quando alguém se importou com a perspectiva divina?
Pessoas boas também sofrem. Porque um dia, escolhemos a morte ao invés da vida. E a morte que ali iniciou, nos marcou tão profundamente que distorceu geração após geração o caráter de Deus e a necessidade que temos dele. Cada vez mais mortos em nossos próprios delitos buscamos mais e mais a "realidade" visível para satisfazer a ânsia por Deus.

Quando tudo desmorona, é preciso estar firmado em algo sólido. Para não sucumbir a força da adversidade que impulsiona tudo pra baixo.
Você não poderá se segurar em sua própria força. Você não subesistirá sem ter aonde se agarrar ou aonde firmar os pés.
Deus não apenas nos faz olhar para toda sua criação e entender seu controle sobre tudo que há.Ele se torna rocha para pés vacilantes. Se torna pão para quem está faminto. Se torna água para quem está sedento. Se torna vida para quem estava morto. Se torna Pai para quem se sente órfão. Luz para os que estão cegos. Farol para os que estão perdidos. Sol para os que andam em trevas. Consolo para os que choram. Ele se torno CAMINHO para os que estão distantes. Verdade para os que foram enganados. Vida para os que crêm.

Aquele que habita no esconderijo do Altissimo, a sombra do onipotente descansará.
Existe um lugar em Cristo, e ainda que, a vida desmorone, o dia mau chegue, ele não te deixará...nunca!

Dias melhores virão!!!



Ás 01:22
|

**Comente Aqui Também**
4 Recadinhos também!